O regresso do socialismo

ChavezHugo Chávez, Presidente da Venezuela jura hoje o seu segundo mandato como Presidente do País. Com este mandato, ele também pretende reintroduzir aquilo que ele chama “socialismo do século 21“, de conteúdo não explicitado, mas de acordo com declarações do próprio Chávez, “uma mistura de cristianismo, comunismo” e “indigenismo“, cujos princípios básicos desse caldeirão ideológico consagrariam a hegemonia do bem coletivo sobre o individual, o impulso a fórmulas de propriedade comunitária e a concretização de um ideal de sociedade que círculos opositores qualificam de “utópica”.

Um dia disse em uma Conferência cheio de capitalistas, homens de negócios e ex-comunistas que regressaríamos, um dia, de novo ao socialismo, aliás, o Mundo e por consequência, nós. Muito poucos compreenderam-me.

Confira a notícias aqui e a reacção dos americanos aqui 

10 thoughts on “O regresso do socialismo

  1. Hugo Chavez é uma personalidade controversa sem dúvidas. Não me agrada o encosto a Fidel, bem como a afirmaçaõ de querer alterações na constituição para se perpetuar no poder. Agora o que me parece indiscutível é que incomoda e muito os americanos e tem sido a alavanca das alterações que se estão a produzir naquele parte do planeta e a deixar Bush de cabeça perdida. Vamos esperar para ver. Para já parece-me tem feito obra.

  2. Tirando a sua pretensão em querer perpetuar-se no poder, parece-me que, junto com outros pares como Lula e Morales podem constituir um grande contra-poder aos EUA. So por isso eu me sinto satisfeito e ao mesmo tempo triste em não ver o exemplo a ser seguido em África.

  3. só uma palavra descreve bem a reacção dos EUA: Ira…
    Espero muito de Chavez, mas reconheço nele algumas tendências autoritárias preocupantes… Mas até agora, o seu regime é democrático e não pode ser acusado de outra coisa… E as mudanças económicas que vai implementar (conseguirá mesmo fazê-las?) vão mexer com muitos interesses… internos e externos! mas tem o massivo apoio dos mais pobres e o fluxo dos petrodólares… tem assim condições para avançar!

    veremos! estou muito expectante quando ao que virá da Venezuela!

  4. E preciso nao perder esperanças Caro Egidio. Um dia vira em Africa se afirmara, igualmente , como um contra-poder. O facto de podermos pensar nossos paises, questionar, criticar, duvidar…é o germen de uma palntaçao de ideias que se poderao materializar em accçoes concretas…
    tenha um bom dia
    Paula

  5. Com certeza Paula, mas quando? Esta é a questão do fundo, pois não se vislumbram sinais. Todos temos esperanca, mas a esperanca útil é de ver isto acontecer antes de sermos cadáveres, a jazer em tumbas, frustrados!
    A esperanca so é válida quando alcancada em tempo útil. E não me parece ser isso o que virá a acontecer. Provavelmente.

  6. O que é o tempo Egidio? O tempo pode ser nada. O tempo é nada. Se atendermos as conquistas por nos ja alcançadas; Hoje estamos aqui a falar livremente. Mas , mtos ja batalharam para que tal acontecesse. Alguns perderam a vida. Outros tentam sobreviver humildemente, à sombra das figuras mais simbolicas, ou que se tornaram mais midiatizadas.
    Qtos “cidadaos incognitos” se bateram? Se calhar, nem sabemos. O certo é que “esses batalhadores” passaram-nos o testemuho e a nos cabe-nos caminhar paulatinamente para a contruçao de sociedades africanas coesas. Constituindo contra poder, no interior de cada pais africano , entre os paises africanos e so assim poderemos almejar afirmarmo-nos neste “mundo globalizado”. Parafrazeando Martin Luther King 1975 , nao foi um fim mas sim o principio…
    Haja esperança, perseverança e maos ao trabalho, meu Caro.

  7. Reforçando a minha esperança na mudança, dê uma olhadela ao que se passa na Guiné Conakry, onde uma greve anti-corrupçao se mantem hà cerca de 14 dias. é claro que o numero de vitimas que esta acçoa tem provocado é desoladora. mas o importante para mim é a capacidade da sociedade civil organizar-se e protestar contra a decadencia social. Isto para mim tbém é um bom principio.
    Tenha um bom dia e haja esperança…

  8. O socialismo não precisa dessa merda de cristianismo. Obviamente é uma jogada esperta do Chávez para angariar mais militantes.

    Morte aos burgueses! Viva o comunismo!

Comments are closed.